mexNEWS

Segunda-feira, 15 de Abril de 2024

Saúde

Anvisa determina intervalo para doação de sangue após infecção por dengue ou vacinação contra a doença

Há um risco de 38% de a doença ser transmitida por transfusão sanguínea

Marcio Edison
Por Marcio Edison
/ 230 acessos
Anvisa determina intervalo para doação de sangue após infecção por dengue ou vacinação contra a doença
Adair Gomez
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

As pessoas que tiveram dengue devem aguardar 30 dias após a recuperação completa para doar sangue. No caso de dengue grave, o intervalo para a doação sobe para 180 dias.

Essas são as mais recentes orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que emitiu uma nota técnica sobre o assunto essa semana. A medida é para evitar contaminação de quem recebe o sangue, já que, quando há a  contaminação pelo vírus da dengue, há um risco de 38% de a doença ser transmitida por transfusão sanguínea.

Também por risco de transmitir a doença, pessoas que tiveram relações sexuais com indivíduos que tiveram dengue nos últimos 30 dias também devem aguardar 30 dias para realizar a doação de sangue. 

Leia Também:

Além disso, caso um doador seja diagnosticado com dengue ou apresente sintomas como febre ou diarreia até 14 dias após a doação, deve entrar em contato com hemocentro e informar o ocorrido.

Ainda de acordo com a Anvisa, quem recebe a vacina contra a dengue também fica temporariamente impedido de doar sangue: o intervalo é o mesmo em caso de dengue comum ou relação sexual com pessoa contaminada: 30 dias.

 

FONTE/CRÉDITOS: Agência Rádio 2
Comentários:
Marcio Edison

Publicado por:

Marcio Edison

Jornalista, radialista. Formado em Matemática (PUC/SP) e Comunicação Social (UNIP/SP) também é desenvolvedor web, palestrante de tecnologia e CEO da mexcorp.net

Saiba Mais

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, respoderemos assim que possível ; )